17 Dicas para um Casamento Feliz – Extraído da Bíblia ! Parte 1

17 Dicas para um Casamento Feliz – Extraído da Bíblia ! Parte 1
Como você provavelmente já ouviu falar, quase a metade dos casamentos agora terminam em divórcio, deixando cônjuges amargos e filhos confusos em seu rastro. Não deixe que issoaconteça com você! Se seu casamento está passando por momentos difíceis ou está experimentando felicidade conjugal, ou mesmo se você ainda não é casado, mas considera a possibilidade, aqui estão alguns conselhos grátis, mas comprovados, para ajudar em seu casamento. Eles vêm diretamente de Deus, Aquele que criou e ordenou o casamento! Se você já tentou de tudo, porque não dar uma chance a Deus? Siga as chaves neste guia, e você pode proteger seu lar.
1. Estabeleça seu próprio lar
“Portanto o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e serão ambos uma só carne” (Gênesis 2:24).
A ordem de Deus é específica. Um casal deve deixar pai e mãe e estabelecer a sua própria casa, mesmo se as finanças exigem que esta seja um apartamento de um quarto. Marido e esposa devem decidir em conjunto sobre políticas como esta. Então, ela deve informar seus pais e ele, os dele. Eles devem permanecer firmes, não importando quem se opuser. Milhares de divórcios seriam evitados se esta regra fosse cuidadosamente seguida.
2. Continue seu namoro
“Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados” (1 Pedro 4:8). “Seu marido…ele a louva” (Prov 31:28). “a casada cuida …em como há de agradar ao marido” (1 Cor 7:34). “Amai-vos cordialmente uns aos outros …, preferindo-vos em honra uns aos outros” (Rom 12:10). Continue (ou talvez reviva) as cortesias do namoro na sua vida de casada (o). Casamentos bem-sucedidos não acontecem simplesmente, eles devem ser desenvolvidos. Não tome um ao outro por certo, ou a monotonia que resultará disso irá destruir seu casamento. Mantenha o amor crescendo expressando amor um pelo outro, ou ele vai morrer, e você vai ficar à deriva. O amor e a felicidade não são encontrados buscando-os para si mesmo, mas sim dando-lhes a terceiros. Então, gastem tanto tempo quanto possível, fazendo coisas juntos se vocês se dão bem. Aprendam a se cumprimentarem com entusiasmo. Relaxem, passeiem, façam compras, visitas, comam juntos. Não negligenciem as pequenas cortesias, encorajamentos e atos afetuosos. Surpreendam-se com pequenos presentes ou favores. Não tome mais do casamento do que você coloca nele. O divórcio em si não é o maior destruidor do matrimônio, mas sim, a falta de amor. Dada a oportunidade, o amor sempre vence.
3. Lembre-se que Deus uniu vocês no casamento
“Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá à sua mulher. … Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem” (Mateus 19:5, 6).
Tem o amor quase desaparecido da sua casa? O diabo (que é um notório destruidor de lares) é responsável por isso. Não se esqueça que Deus os uniu no casamento, e Ele quer que você fique bem e seja feliz. Ele vai trazer felicidade e amor em suas vidas, se você obedecer à Sua divina regra (mandamentos). “Com Deus tudo é possível” (Mateus 19:26). Não se desespere. Deus, que coloca o amor no coração de um missionário por um selvagem leproso, pode facilmente dar o amor um pelo outro se você deixá-Lo.
4. Guarde os seus pensamentos – não deixe seus sentidos prendê-lo
“Porque, como imaginou no seu coração, assim ele é” (Provérbios 23:7). “Não cobiçarás a mulher do teu próximo” (Êxodo 20:17). “Guarde o teu coração, com toda a diligência, pois dele procedem as fontes da vida” (Provérbios 4:23). “Tudo o que é verdadeiro … honesto … justo … puro … amável … de boa fama, … pense nessas coisas” (Filipenses 4:8).
O tipo errado de pensar irá destruir o seu casamento. O diabo vai prendê-lo com pensamentos como estes: “Nosso casamento foi um erro”. “Ela não me entende”. “Eu não agüento mais isso”. “Nós podemos sempre nos divorciar, se necessário”. “Eu vou voltar para casa da minha mãe”. “Ele sorriu para aquela mulher”. Pare de pensar pensamentos como este ou o seu casamento acabará, porque seus pensamentos e sentidos regem suas ações. Evite ver, dizer, ler ou ouvir qualquer coisa que (ou se associar com quem) sugere impureza ou infidelidade. Pensamentos descontrolados são como um automóvel em ponto morto em uma colina. Tudo pode acontecer, e o resultado é sempre o desastre.
5. Nunca se recolham a noite zangados um com o outro
“não se ponha o sol sobre a vossa ira” (Efés 4:26). “Confessai as vossas culpas uns aos outros” (Tiago 5:16). “esquecendo-me das coisas que atrás ficam” (Filip 3:13). “sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo” (Efés 4:32). Permanecer com raiva e chateado com mágoas e ressentimentos (grandes ou pequenos) é extremamente perigoso. Se não são rapidamente resolvidos, mesmo os pequenos problemas se defininem em sua mente como convicções e atitudes que afetam negativamente a sua filosofia de vida. É por isso que Deus diz para deixar arrefecer a raiva antes de se recolher durante a noite. Seja suficientemente grande para perdoar e dizer com sinceridade: “Eu sinto muito.” Afinal, ninguém é perfeito e vocês estão no mesmo time, assim seja suficientemente desportivo e honesto para admitir um erro quando você o comete. Além disso, fazer isso é uma experiência muito agradável com poderes incomuns para fazer os cônjuges se aproximarem. Deus sugere isso! Funciona!
6. Mantenha Cristo no centro de seu lar
“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a constroem” (Salmos 127:1). “Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:6). “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e mentes em Cristo Jesus” (Filipenses 4:7).
Esta é a maior regra. Ela realmente cobre todas as outras. Coloque Cristo em primeiro lugar! O real segredo da verdadeira felicidade no lar não é a estratégia da diplomacia, e o incansável esforço para superar os problemas, mas sim, a união com Cristo. Corações cheios do amor de Cristo nunca podem estar muito distantes. Com Cristo em casa, o casamento será bem sucedido. O evangelho é a cura para todos os casamentos que estão cheios de ódio, amargura e decepção. Isso impede milhares de divórcios por milagrosamente restaurar o amor e a felicidade. Ele também vai salvar seu casamento, se você estiver disposto.
Fonte: Fonte: http://www.amazingfacts.org/

TEMA:CARÁTER DE UM BOM CASAMENTO-PARTE 1

TEMA:CARÁTER DE UM BOM CASAMENTO-PARTE 1

Diz-se com freqüência que um bom casamento é uma "amostra do céu". O companheirismo de que um homem e uma mulher podem gozar em relação ao casamento é uma bênção imensa dada por nosso Criador (Gênesis 2:18-24).
Certamente, Deus destinou o casamento a ser benéfico e satisfatório para ambos, o esposo e a esposa. Infelizmente, muitos casais não descreveriam seus casamentos como "celestiais".
Estratégias Inaproveitáveis
O que podemos fazer para termos "bons casamentos"? Homens e mulheres têm tentado várias estratégias para assegurar casamentos bem sucedidos. Muitos têm raciocinado que o modo de ter um bom casamento é casar-se com a pessoa de melhor aparência possível. Conquanto não seja pecado ser fisicamente atraente, a aparência pessoal não é garantia de que uma pessoa será uma boa companheira.
O homem extremamente elegante ou a mulher impressionantemente bela com freqüência não dão bons esposos! Outros têm concluído que um casamento espetacular e uma lua-de-mel dispendiosa são o ponto de partida de um bom casamento.
Contudo, estas são coisas que não duram muito tempo e quando a grandiosidade da cerimônia e a emoção da lua-de-mel passam, é comum que o esposo e a esposa descubram que sua relação não é realmente muito boa. Ainda outros têm seguido a estratégia de acumular bens antes de casar ou, em alguns casos, de procurar uma pessoa rica com quem casar! Tal segurança financeira constituirá, pensam eles, o alicerce de um bom casamento. Algumas vezes parceiros em al relação assentada sobre a riqueza material pagarão quase tudo para escapar do casamento. O resultado de tais preparativos financeiros é que há mais bens a serem divididos quando o casal se divorcia.
Deverá ser notado que não há nada inerentemente pecaminoso em ser fisicamente atraente, ter um grande casamento e uma lua-de-mel agradabilíssima ou mesmo economizar dinheiro antes do casamento com a esperança de um padrão de vida mais alto. Cada uma destas coisas pode ser uma bênção para um casamento. Nenhuma destas coisas, contudo, resulta necessariamente em um bom casamento. Se desejamos relações satisfatórias, precisamos abandonar as soluções e valores de sabedoria humana e consultar o manual de casamento escrito por Aquele que criou o casamento no princípio. Na Bíblia podemos encontrar toda a informação que precisamos para construir casamentos bem sucedidos.
instruções Divinas
As Escrituras ensinam que o casamento é destinado a durar até que um dos cônjuges morra (Romanos 7:1-3; Marcos 10:9). Se cada parceiro mantiver esta convicção, o casamento terá uma possibilidade maior de dar certo. Quando aparecem problemas (e sempre aparecem!), tanto o esposo como a esposa empenham-se em resolvê-los em vez de procurar escapar facilmente através do divórcio.
Quando Paulo escreveu sobre as responsabilidades dos cônjuges, ele observou que as esposas deveriam ser submissas a seus esposos (Efésios 5:22-24). Ele ordenou ainda mais que os esposos deveriam amar suas esposas (Efésios 5:25-29). Este amor (na língua grega, "agape") não é de puro sentimento ou mesmo a expressão de palavras vazias, mas é antes o resultado de uma escolha moral e expressa-se em ação.
Elcana, pai do profeta Samuel do Velho Testamento, evidentemente amava profundamente sua esposa Ana (1 Samuel 1:1-8). Ele expressou seu amor por ela através de sua generosidade. Além do mais, este tipo de amor busca o bem estar de outros independente do tratamento com que eles retribuem.
O apóstolo Paulo descreveu o caráter deste amor em 1 Coríntios 13:4-7. As responsabilidades de amor e submissão incluem outras específicas.Por exemplo, para amar sua esposa, o esposo tem que se comunicar com ela. Para procurar o melhor bem estar da esposa, ele precisa entender as necessidades e desejos dela.
Mais uma vez, observando o exemplo de Elcana e Ana, quando ela estava triste por causa de sua esterilidade e da provocação de sua rival, Elcana procurou descobrir a causa de sua angústia (1 Samuel 1:4-5, . Se o esposo comunica a razão para suas decisões, torna-se muito mais fácil para a esposa submeter-se.
Sem comunicação adequada entre cônjuges, é extremamente difícil, talvez impossível, ter-se um bom casamento. Comunicação franca entre esposo e esposa permite a cada um entender melhor o outro, evitando muitos desentendimentos. A participação nas opiniões, sonhos e temores através da comunicação permite uma intimidade que ajuda a unir o casal.

Por Allen Dvorak


Conferência para Casais 2013, Tema: Família Moderna.

Conferência para Casais 2013

O EVENTO:
Esta é a Quarta  Conferência de casais, onde esperamos você para receber uma palavra revelada sobre seu relacionamento.. 

AS MINISTRAÇÕES:
O Pr. Zaqueu Medeiros é pastor presidente do Ministério de Casais Amovc, Sede Rio de Janeiro-RJ
Os horários serão:
Sexta -Feira ás 19:30
Sábado ás 14:00
Domingo ás 8:00

AS INSCRIÇÕES:
 Segunda a Sexta feira em horário comercial ou durante os Cultos.
Casal: R$55,00
Tema: Família Moderna. 
Tel: 21 -7863-5128 - 21-3173-8128


Dinâmica para Lideres de Casais

 Dinâmica para Lideres de Casais
Dinâmica para Casais, Dinâmica para Lideres de Casais
1. TESTE DE PERCEPÇÃO
Os casais se colocam em pé, um de costas para o outro, e tem que responder as seguintes perguntas: a) para a esposa: qual a cor da meia que o marido está usando; b) para o marido: qual a sandália que a esposa está usando; c) cada pessoa é orientada a mudar alguma coisa em si mesmo sem que seu par veja, depois cada um tem que descobrir o que mudou.
Aplicação: cada cônjuge deve prestar atenção mesmo que nas mínimas coisas que se passa com o seu par.
2. COMO SOU VISTO PELO MEU CÔNJUGE?
Após receber papel e caneta, cada casal deve escrever 5 caracteristicas do seu cônjuge, é claro sem que o outro veja e sem se identificar. Misturados os papéis, são redistribuidos para as pessoas do grupo. Cada um lê os elogios ou os defeitos escritos, e o grupo tem que descobrir quem é a pessoa com aquelas características.
Aplicação: Oportunidade de reflexão sobre o que o seu cônjuge pensa a seu respeito, e o que pode ser melhorado no seu relacionamento.
3. CINDERELA
Os maridos devem se retirar do local, enquanto isso as esposas tiram os seus sapatos e colocam no centro, todos misturados. Dado o sinal, vence o marido que conseguir localizar os sapatos “corretos” da esposa, levar até ela e calçá-la.
4. DINÂMICA SOBRE UNIÃO E CONFIANÇA
O casal define quem ficará com os olhos vendados, e quem terá as mãos amarradas na costas. Vende e amarre cada um. Distribua o papel pardo, para cada um. Em cada papel tem um desenho incompleto.
Explique a eles, terão que completar o desenho, mas quem está vendado é quem vai por as “mãos na massa” e quem está com as mãos para trás, deve apenas dar as instruções.
No final, todos poderão apreciar os novos “artistas” e suas as “obras de arte”.
5. DIA DOS NAMORADOS PARA FRENTE E PARA TRÁS (adaptado para casais)
Faça linhas com fita adesiva no chão ou fileiras de cadeiras. Os participantes devem se posicionar no meio, de modo que possam se deslocar para frente ou para trás, à medida que respondam sim ou não às perguntas.
Elaborem perguntas sobre o relacionamento do casal, inclusive em situações íntimas, mas que tenham que respondem apenas sim ou não. Exemplos: se falou ”eu te amo” para o cônjuge hoje; se irritou o seu cônjuge esta semana; se presenteou o cônjuge no último mês; etc.
Vence a pessoa que ficar mais à frente nas linhas ou fileiras.
6. OUÇA BEM
Os maridos são agrupados em um lado e as esposas são vendadas e rodadas. Cada marido terá que guiar sua esposa até ela alcançar a cadeira que estava sentada ou colocada a uma determinada distância. Ela terá que fazer tudo aquilo que seu marido a estiver orientado, como: vire para a direita ou pare e ande para a frente, etc. Todos os maridos estarão falando ao mesmo tempo e cada esposa terá que discernir a voz do seu marido. A esposa que chegar primeiro ganha o casal.
7. TESTE DO ROMANTISMO
Em uma cesta separe vários objetos, tais como, faca, colher de pau, calculadora, relógio, controle remoto, etc. Cada marido escolhe um objeto e tem que fazer uma declaração romântica para a esposa envolvendo aquele objeto.
Aplicação: Quando você ama de verdade, tudo é motivo para fazer declaração ao outro.
8. CARTÃO
Coloque o texto abaixo em um cartão e entregue um para cada marido. Ele deve assinar e colocar o nome da sua esposa a quem dedica o cartão, sem ler o conteúdo. Após, peça a um casal para ser os leitores. Primeiro a esposa. Pergunte às demais o que acharam… Ninguém vai gostar. Então peça ao marido que leia de baixo para cima. Todos irão se surpreender.
QUERO TE DIZER
Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mais tenho que dizer a verdade
É tarde demais…
9. TAREFAS PARA CASA
Distribua para cada esposa, em envelope lacrado com os dizeres Tarefa para casa. Dentro escreva SAIA DA ROTINA. e as orientações para cada esposa preparar um jantar romântico para o marido. E, no próximo Encontro, cada marido irá compartilhar o que achou.
Uma tarefa, nos mesmos moldes, para o marido, pode ser ele ter que preparar um café da manhã para a esposa.
10. UM COLINHO PARA VOCÊ
Faz-se um círculo com as cadeiras no local, com um pouco de espaço entre elas. As esposas sentarão nas cadeiras. Ao som de uma música, os respectivos esposos deverão dançar em volta das cadeiras. Em dado momento, pára-se a música, e os esposos deverão sentar no colo de suas esposas. O último que conseguir sentar, sai da brincadeira, carregando sua esposa no colo. A brincadeira continua, saindo sempre o último que conseguir se sentar. Quando restarem umas 4 ou 5 esposas em suas cadeiras, pode-se aumentar ainda mais o espaço entre elas, para dificultar a chegada do esposo até ela. O casal vencedor pode receber um prêmio.


CURSO DE TREINAMENTO PARA LÍDERES DE CASAIS


Ministerio de casais amovc ajuda os casais a resolverem seus conflitos diários através da comunicação efetiva e transparente de um para com outro, o casal na busca de arrependimento e perdão, trazendo oportunidade de restauração de seu casamento e envolvendo os dois em um amor incondicional. O resgate do conceito original de aliança ajudará os casais em sua comunicação, aprendendo a reconhecer e anular as ciladas das trevas que visam a destruição do casamento. Objetivos  Qualquer dúvida entre em contato conosco pelo e-mail zaqueumarlene@gmail.comr ou pelo telefone (21) 7863-5128 (21) 3173-8128


WOKSHOP -Para Casais, 17 palestras: Vai Mudar Sua Vida

WOKSHOP -PARA CASAIS.

 

 

·         Seminário para família; jantar de casais com palestras; encontro de casais; entre outros.

 

 

                                                                                      17 palestras: Vai Mudar Sua Vida


1ª - Construindo ”meu Lar”.
2ª - 
As Consequências das Crises Familiares.
3ª - Criação de filhos.
4ª - Ajuste sexual.
5ª - Finanças do casal.
7ª. Veredas Antigas.
8ª - Dependência de Deus no Casamento.
9ª-Evitando Brigas.
10.Orçamento Doméstico.
11.  As Cinco Linguagens do Amor..

12. Como Perdoar Alguém da Família?

13. 9 Regras Para Um Casamento Feliz

17. Através do casamento Deus criou uma aliança entre duas pessoas.

 

 

Meus contatos: Tel:21-7863-5128 – 21-3173-8128- ID 55.10x42511
                                                       21- 9885-7139 - vivo




Biografia,Pr. Zaqueu Medeiros

Biografia,Pr. Zaqueu Medeiros
Pastor da Igreja Assembléia de Deus - Tijuca- RJ, onde moro. Sou casado com Marlene Inacio Medeiros e pai de dois filhos, Raphael Medeiros s e Matehus . ). bacharel em teologia pela (EPOE-Epoe Escola De Preparacap De Obreiros Evangelicos Rio De Janeiro Ano 1989), com especialização em aconselhamento pastoral e terapia de casais, exerce um ministério específico com famílias desde 2000. tendo ministrado em todo o brasil , Estados unidos,Portugal, Italia

Twitter @zaqueumedeiro,

Tel :21-7863-5128 = 21=3173-8128
 Skype: zaqueu.amovc


Palestras que poderão fazer muita diferença em sua vida cotidiana

Palestras que poderão fazer    muita diferença em sua vida cotidiana 

Disponibilizamos vários temas nesse exato momento contextual em que atravessa a socidade do século XXI, que vem sofrendo uma transformação estrutural muito importante, relacionada principalmente as questões éticas e morais, onde tudo é permitido, desconhecendo regras e valores mínimos desejáveis para uma boa formação laica e religiosa da família cristã.

Os valores da família cristã vem sendo ameaçados e colocados em xeque a cada dia, por modismos pontuais e passageiros.

Preocupados com essa atitude de omissão velada da sociedade contemporânea é que, oferecemos através de nossas palestras temas bem apropriados e, que fazem parte do cotidiano da família e do relacionamento conjugal, auxiliando de maneira prática e muito simples como obter uma convivência pacífica e harmonica nos relacionamentos familiares.

Nosso compromisso é desenvolver o crescimento espiritual, emocional e material da familia, motivando a auto-estima de seus atores.  

E mais! abordamos temas variados como: 

Aliança no casamento o que isso significa? O homen contemporâneo, A sexualidade a auto-estima e a mulher cristã, Jovens perfeitos? A sexualidade e o jovem cristão, Afinal qual é a melhor idade? Divórcio e novo casamento, como proceder? Treinando líderes fora do comum, Gestão de liderança e Como ampliar o meu ministério?

Nossa missão é orientar e auxiliar em como desempenhar uma vida de sucesso familiar com muita "atitude e prosperidade sem limites".

Sua Igreja nunca mais será a mesma após receber nossa visita. Serão implementadas mudanças de comportamento contínuo e permanente, motivando as famílias e os casais a tomarem atitudes e ações de reconciliação, reconstrução e perdão.

Palestra como: Vida Conjugal , muda radicalmente a visão e compreensão de muitos casais. 

O maior obstáculo no relacionamento conjugal é a falta de diálogo e a falta de disposição para conversar. Esta falha na comunicação tem levado famílias inteiras à sofrerem o mal do século XXI, a omissão e a desagregação da família.

As palestras e as orientações ministradas são motivadoras das boas práticaa dos relacionamentos interpessoais no cotidiano da família. 

Confira e comprove! Solicite-nos informações adicionais, através de testemunhos de igrejas e pastores que já receberam nossa  visita.

Escreva-nos, pergunte-nos sua sugestão é muito importante para nós, compartilhe conosco suas experiências, estaremos aguardando.

http://ministeriodecasaisamovc.blogspot.com.br/

Twitter @zaqueumedeiro

E-mail ministeriodecasaisamovc@gmail.com. Ou zaqueumarlene@gmail.com
Tel:21-7863-5128 ID 55*10*42511
Pr. Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros

teólogos, terapeutas e conferencistas estão casados a 30 anos 

Seminario de Casais

Realize um de nossos seminários em sua igreja
Pr. Zaqueu & Pra. Marlene
SEMINÁRIO PARA CASAIS
1. Harmonia No Lar.
2. Batalha Espiritual da Família.
3. Criação de Filhos.
4. Ajuste Sexual.
5. Finanças do Casal.
6. PERDÃO.
7. Casais Grávidos
8.Dependência de Deus no Casamento
9. Harmonia conjugal
9. Evitando Brigas
10.Orçamento Doméstico
11.  As Cinco Linguagens do Amor

Tel 21-7863=5128 - 21-3173-8128

Pr. Zaqueu Medeiros


 PrZaqueu Medeiros Casado com a Pra. MarleneMedeiros Conferencista na área de família. 
Tel 21-7863-5128 -21- 3173-8128 - e-mail zaqueumarlene@gmail.com

AS 5 LINGUAGENS DO AMOR

AS 5 LINGUAGENS DO AMOR
(Gary Chapman)

1. PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO
Uma forma de se expressar o amor emocional é utilizar palavras que edificam. Salomão, um dos
escritores da Bíblia, escreveu: “A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto”.
Elogios verbais e palavras de apreciação são poderosos comunicadores do amor.
O objetivo do amor não é obter o que se quer, mas fazer algo pelo bem-estar daquele a quem se ama.
2. QUALIDADE DE TEMPO
É você deve dedicar a alguém sua inteira atenção, sem dividi-la.
Como sentar-se ao sofá com a televisão desligada, olhar um para o outro e conversar,
no processo de dedicação mutua. É dar um passeio juntos, só os dois. É ambos saírem para comer fora, é um olhar nos olhos do outro e conversar.
O aspecto central da “Qualidade de Tempo” é estar próximo.
Não quero dizer simples proximidade...
O estar junto tem a ver com o focalizar a atenção.
Uma forma de se aprender novos padrões de comportamento é estabelecer,diariamente, um período no qual cada um poderá falar sobre três situações
que ocorreram durante o dia e os sentimentos que tiveram em relação a elas.
3.RECEBER PRESENTES
Presentes podem ser comprados, achados ou elaborados.
Existe um tipo de presente que é intangível e muitas vezes fala mais alto do que qualquer outro que você possa ter nas mãos. 
Presente da sua presença, ou presente de si mesmo. 
Estar ao lado de seu cônjuge quando este precisa de você 
fala mais alto do que aquele cuja primeira linguagem é receber presentes.
4. FORMAS DE SERVIR
Aquilo que você sabe que seu cônjuge gostaria que você fizesse. 
É procurar agraciar realizando coisas que ele (ela) aprecia,expressando amor através de diversas “Formas de Servir”.
Estas formas podem ser as mais variadas possíveis,tais como preparar uma boa refeição, pôr uma mesa bem arrumada, lavar a louça, passar o aspirador,arrumar a cômoda, limpar o pente, tirar os cabelos da pia, remover as manchinhas brancas do espelho (aquelas causadas por pasta de dente), tirar os insetos mortos do vidro do carro, levar o lixo para fora, trocar a fralda do bebê, pintar o quarto, aspirar a estante, manter o carro em boas condições de uso, limpar a garagem,
cortar a grama, tirar o mato do jardim, retirar as folhas mortas, aspirar a persiana, levar o cachorro para passear, dar comida para o gato, trocar a água do aquário — todas formas de serviço. Para que sejam realizadas é necessário pensar, planejar e executar (dispêndio de força e energia). Se feitas com o espírito certo e positivo, são incontestáveis expressões de amor.
Jesus Cristo deu uma ilustração simples, porém profunda, ao expressar amor através de uma forma de serviço quando lavou os pés dos discípulos (encorajou seus discípulos a seguirem seu
exemplo).
5. TOQUE FÍSICO
Há muito se sabe que o toque físico é uma forma de se comunicar o amor emocional.
Andar de mãos dadas, beijar, abraçar e manter relações sexuais são formas de se comunicar o amor emocional.
O toque físico pode iniciar ou terminar um relacionamento.
Pode comunicar ódio ou amor.
CONCLUSÃO
Amar é um ato de escolha !
O amor não apaga o passado, mas altera o futuro.
É descobrir a diferença entre “paixão” e “necessidade emocional” de sentir-se amado.
A paixão supre, temporariamente, a carência emocional do amor.
Suprir a necessidade de amor de minha esposa(o)/companheira(o) é uma escolha que se faz cada dia.
Se eu sei qual é sua primeira linguagem do amor e escolho utilizá-la, suas mais profundas
necessidades emocionais serão supridas e ela(e) se sentirá segura(o) em meu/seu amor.
Quando determinada atitude não é espontânea em você,torna-se uma expressão de amor muito maior.

Tema: O que uma Esposa espera de seu Esposo!!!

Tema: O que uma Esposa espera de seu Esposo!!!
Aos maridos, Deus diz:
Maridos, ame cada um a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se por ela... Da mesma forma, os maridos devem amar cada um a sua mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher, ama a si mesmo. Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo... Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito
(Ef. 5:25, 28-30, 33).
Do mesmo modo vocês, maridos, sejam sábios no convívio com suas mulheres e tratem-nas com honra, como parte mais frágil e co-herdeiras do dom da graça da vida, de forma que não sejam interrompidas as suas orações (1 Pd. 3:7,
Mas o que afinal, as mulheres querem e esperam de nós, homens?
O marido que trata a esposa como rainha terá uma rainha por esposa.
Está cada vez mais difícil encontrar homens cavalheiros que saibam dar valor a uma mulher.
Ela será o reflexo do modo como a tratar. Se quiser ter uma rainha por esposa, terá que tratá-la como tal.
Principais deveres do marido – de procurar agradar e fazer feliz sua mulher, são:
1. ) Zelando pela esposa (Ef 5.29)

2. Honrando a esposa (1 Pe 3.7)

3. .União com a esposa (1 Co 1.10)
4. Ajudar na arrumação da casa
5 . Comunicando-se com a esposa.

6. surpreender sua mulher em datas comemorativas.
7. Ajudar com os filhos.
8. Lavar ou secar a louça

DECEPÇÃO NO CASAMENTO

DECEPÇÃO NO CASAMENTO
A expectativa de um momento ou de uma vida feliz toma conta da pessoa, e ela só vê o momento presente, como isso dói, quando ela não é correspondida.
Conheço muitos homens e muitas mulheres e também muitos casais que deixaram se envolver nesta aparência de felicidade que pouco tempo depois, aquele sonho, aquela vontade de ser feliz faz cegar não só os olhos físicos, mas o olho da alma.
Veja… Você se casou na expectativa de ver seu sonho realizado ou se realizando, mas ainda com pouco tempo de casado(a) já aparece a pista da decepção, aquele coração cheio de expectativa de ter encontrado seu príncipe começa a desfazer-se, a decepção chegou, parece que o mundo caiu sobre você.
A pessoa amada, o príncipe ou a princesa, onde estão? Agora, a mágoa toma conta do teu coração, onde está expectativa? Onde estão teus sonhos? A dor está aí, a ferida está aberta, a realidade do ser humano, do casal sonhador desaparece. Mas esta pessoa é uma só carne com você, nem foram vocês que se uniram, foi Deus quem os uniu, e você pode até negar, mas é a carne da sua carne. E, se ele(a) errou, se foi infiel, ainda é sua carne. Sei da decepção e da tristeza do seu coração, da sua angústia, até parece que a terra sumiu de seus pés, não é verdade?
Em tudo Deus se faz presente, a solução é Deus, não tem outro remédio para sua tristeza, sua decepção. Só será possível mudar esta situação quando você enxergar, em Jesus, o caminho que leva ao Pai, quando você assumir a posição verdadeira neste time em que você só pode ser o titular. Então é hora de dobrar os joelhos e interceder. O apóstolo São Paulo em sua carta cap.7,14 diz justamente isso, rezar e esperar o momento da graça acontecer.
“Porque o marido que não tem a fé, é santificado por sua mulher; assim como a mulher que não tem a fé é santificada pelo marido que recebeu a fé. Do contrário, os vossos filhos seriam impuros quando, na realidade, são santos.”
Comece a rezar e essa tempestade vai passar, o sol de Deus vai brilhar e em sua vida. E tenha certeza, essa é vontade de Deus, tudo passa, mas o amor não, se Deus uniu, Ele quer a felicidade de vocês.
Veja como alcançar a felicidade. “A caridade é paciente, a caridade é bondosa. Não tem inveja. A caridade não é orgulhosa. Não é arrogante. Nem escandalosa. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. A caridade jamais acabará. As profecias desaparecerão, o dom das línguas cessará, o dom da ciência findará.”
Senhor, eu sou carne da mesma carne, quem errou quem pecou, não fui eu, mas é carne da mesma carne! Senhor, eu clamo; não castiga, estou pedindo, intercedendo. Se for castigar, eu sou o primeiro a ser castigado, pois é carne da minha carne. Senhor, eu preciso da tua ajuda para salvar a carne da minha carne!
Preciso dobrar meus joelhos em oração. Senhor, preciso perdoar, misericórdia, intervenha, porque somos uma só carne! Sei que meu coração está machucado, ferido, decepcionado, mas eu te peço, limpa meu coração, eu preciso Senhor, porque só posso ser um canal aberto para Tua graça, ela não pode passar.
Senhor cura o meu coração para que eu possa alcançar a graça da salvação, pois é carne da minha carne. Eu confio na tua misericórdia, minha dor vai passar muito em breve, eu não fui feito para alguns dias, não fui feito para um momento de felicidade, mas para a felicidade plena. Tudo agora está em tuas mãos Senhor, meu Deus.
Amé

"Eu não deixo ninguém para trás, algumas pessoas é que me perdem um pouco a cada dia e nem percebem."

Tema:Discussão não é a solução

Tema:Discussão não é a solução
Conflitos fazem parte da natureza humana. Sempre que interesses são contrariados, surgem pontos de atrito que acabam levando a eles. Há conflitos entre pessoas, entre grupos, entre nações – mas poucos espaços são tão propícios à eclosão de conflitos quanto o matrimônio. Afinal, é no casamento que as individualidades são postas à prova quase que diariamente. E os conflitos resultam justamente de nossa individualidade. Mas, para alguns casais, o conflito gera discussões que, com freqüência, fogem ao controle. Aí, ao invés de se encontrar soluções, criam-se novos problemas de relacionamento.
O que há de tão ruim nas discussões entre casais? É que, geralmente, elas não levam a soluções – quando um dos cônjuges vence a discussão, o outro sai derrotado. Discussões podem ter como resultado grandes parcerias. Mas, também, podem ser bastante destrutivas. Discussões são quase sempre carregadas de emoção. O pior é que as discussões acabam levando a um destes três resultados: o marido ganha, a mulher perde; a mulher ganha, seu marido perde; ou, então, ocorre um empate, onde ambos perdem. Nenhum dos dois aceita a posição do outro e ambos saem decepcionados, frustrados, magoados, irados.
A boa notícia é que os conflitos podem ser resolvidos sem discussão. Encontrar a solução certa começa quando decidimos acreditar que ela existe e que as duas pessoas envolvidas são inteligentes o suficiente para encontrá-la. Isso envolve respeito às idéias do outro, ainda que sem concordância tácita. E amor, é claro. Afinal, o objetivo é encontrar uma solução, e não vencer uma discussão. O alvo na solução dos conflitos não é acabar com as diferenças, mas aprender a trabalhar com elas, usando-as para tornar a convivência melhor. No caso da vida a dois, resolver conflitos é o passaporte para se construir um relacionamento melhor.
Não há como solucionar um conflito sem ouvir com empatia. Infelizmente, a maioria dos casais pensa que está ouvindo um ao outro; mas, na verdade, quando deveriam ouvir, estão apenas recarregando a metralhadora verbal. Ouvir com empatia significa
tentar entender o que o parceiro está pensando e sentindo. É colocar-se no lugar do outro e tentar ver o mundo pelos seus olhos. Isso implica em baixar a arma verbal em prol de entendimento verdadeiro do ponto de vista do cônjuge. Em vez de pensar em como vamos responder ao que o outro está falando, deveríamos dedicar toda a atenção emouvir o que ele está dizendo. Só obteremos uma resposta de amor depois que entendermos o significado e o sentimento que se encontram por trás das palavras.
O erro mais comum que os casais cometem na tentativa de solucionar conflitos é responder antes de enxergar o cenário completo. É inevitável que isso leve a discussões. Quando as pessoas retrucam rápido demais, costumam responder à questão errada. Mas ouvir ajuda a focalizar o ponto central do conflito. Quando você declara ter entendido a perspectiva de seu cônjuge, pode compartilhar a sua e, juntos, negociarem uma solução que atenda às idéias e os sentimentos dos dois. Sim, é possível encontrar uma solução em que os dois saiam vencedores. Quando ouvimos, entendemos e respeitamos as idéias um do outro. Quando o marido e a esposa buscam soluções em amor para os conflitos, acabam chegando à harmonia e à união que desejam construir acima de tudo.

Por Gary D. Chapma

Palestra Para Casais

A Palestra para Casais com o tema: "Convivência Familiar e Relacionamento Íntimo, além de uma renovação do enlace matrimonial para muitos e proveitoso para todos os participantes promover o fortalecimento da Família, pois entendemos que juntamente com a Igreja, a família é a instituição mais importante que existe
Pr. Zaqueu Medeiros, Conferencista na área de família.